quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Protea Wines (África do Sul)

Protea Wines tem uma estratégia de marca bastante curiosa. Os rótulos das garrafas não dizem  nada sobre o vinho, e uma etiqueta pequena e destacável no contra-rótulo apresenta as informações obrigatórias e o código de barras. O restante da garrafa é impresso diretamente com um design floral, cortesia do designer sul-africano Mark Eisen. Eles promovem a beleza das garrafas vazias com a campanha Save Your Bottle ("guarde sua garrafa"), que incentiva as pessoas a reaproveitar as garrafas para guardar azeite, vinagre, como castiçais ou vasos, para cortá-las e transformá-las em copos, etc.

O nome da Protea (se pronuncia prôtea) homenageia um grupo de flores sul-africanas que, por sua vez, receberam seu nome em homenagem ao deus grego metamórfico Proteu. O motivo desse nome é que a flor aparece em muitas formas diferentes, sendo que a mais conhecida é a Protea-Rainha, que, como muitas do seu gênero, precisa passar por um incêndio florestal como parte do seu ciclo vital. 

Prosseguindo com a atenção ao design comercial, chegou às minhas mãos um porta-garrafa produzido pelo designer cerâmico norte-americano Jono Pandolfi. Se você nunca usou um porta-garrafa, ele serve para evitar que as gotas de vinho que escorrem após o serviço manchem a mesa ou a toalha. Existem os de prata, há gente que usa aquele papelão aluminizado que vêm embaixo das embalagens de bolos prontos, ou, "no popular", o bom e velho papel-toalha. Eu gostei dos tons terrosos do que ganhei, e espero usá-lo durante muitos anos para os fim a que se destina. 

Papo encerrado, vamos ao serviço.


Image result for south african flag
Protea Chenin Blanc 2013
Coastal Region, África do Sul
100% Chenin Blanc
13.5% abv.

Depois de remover a etiqueta, dá para chamá-lo de Steen e ser fiel à região. É um vinho delicado para dias quentes, com um perfil aromático de casca de limão e frutas brancas (pêra). Na boca, baixa acidez e um final suave. Perfeito para pratos de frutos-do-mar pouco condimentados, como mexilhões no vapor, nos quais o sal "puxa" o paladar do vinho.


Image result for south african flagProtea Red Blend 
2012

Western Cape, África do Sul
53% Cabernet Sauvignon, 47% Merlot
14% abv.

Este vinho me evoca boas memórias de um período não tão bom que passei em terras sul-africanas e na vizinha Namíbia. Aromas exuberantes de cereja preta e café, com notas secundárias de chocolate. Na boca, frutas silvestres escuras e taninos médios, com um final bastante longo. Recomendo muito para pratos de cordeiro grelhado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário